terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Nova Direcção

No passado dia 31 de Janeiro de 2011 realizou-se no salão de festas das coletividades da Praia da Leirosa as eleições para o triénio 2011-2013 das direcções do CRPMO_Praia Leirosa, do CRPLeirosa e do CSP Leirosa.

Assim a nova direcção é constituida pelos seguintes membros:
Direcção
Presidente: Mário Ruivo
Vice-Presidente: Joana Bilhau
Secretária: Daniela Vicente
Tesoureira: Carina Boia
V.P. Cultural e Social: José Oliveira
V.P. Recreativo: Irene Santos
V.P. Desportivo: José Neves
1.º Suplente: Henrique Gonçalves
2.º Suplente: Cristiana Nunes

Assembleia
Presidente: Paula Ramos
1.º Secretário: José Bilhau
2.ª Secretária: Paula Vicente

Concelho Fiscal
Presidente: Ernesto Cruz
Vogal: Leandro Cruz
Relator: Gildo Costa
1.º Suplente: Bruna Chuva
2.º Suplente: Artur Grilo

Actualização de Resultados

Depois de algum tempo sem actualizar a página, venho colocar todos os resultados até este fim de semana que passou das nossas formações.

11/12/2010
Benjamins: Tocha 14 – 3 Leirosa
Infantis: Touring 3 – 0 Leirosa
18/12/2010
Benjamins: Leirosa 1 – 6 Vateca
Infantis: Leirosa 2 – 4 Marialvas “A”
19/12/2010
Torneio GD Guiense
Pré-Escolas
Leirosa 8 – 0 GDGuiense
Leirosa 2 – 2 Vateca A
Leirosa 3 – 0 Vateca B
Leirosa 0 – 3 UD Leiria
Praia da Leirosa 2.º Classificado
08/01/2011
Benjamins: Ala-Arriba 6 – 0 Leirosa
Infantis: Naval “A” 6 – 2 Leirosa
15/01/2011
Benjamins: Leirosa 8 – 0 Febres
Infantis: Leirosa 9 – 0 Montemorense
22/01/11
Benjamins: Naval “A” 11 – 1 Leirosa
Infantis: Tocha “A” 6 – 0 Leirosa
05/02/2011
Benjamins: Touring 3 – 6 Leirosa
Infantis: GD Cova Gala 1 – 1 Leirosa
12/02/2011
Benjamins: Leirosa 11 – 1 Marialvas “B”
Infantis: Leirosa 0 – 7 Ereira “A”
19/02/2011
Benjamins: FOLGA
Infantis: Ala-Arriba 8 – 0 Leirosa

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Formação

Resultados 8/12/2010

Benjamins:

Praia da Leirosa 2 - 4 Cova-Gala (PDL: Miguel G.; Fran)

Infantis:

Praia da Leirosa 6 - 2 Ereira "B" (PDL: Miguel P. (2); Miguel B.(2); Ivo; Lucas;)

sábado, 4 de dezembro de 2010

Formação

Resultados:

Benjamins

Marialvas "A" 5 - 2 Praia da Leirosa (PDL: Miguel G. (2))

Infantis

Sourense 0 - 4 Praia da Leirosa (Ivo; Filipe; Miguel B. (2))

Crónica fica para depois, pois nos Benjamins há muito para escrever, parece que o bom inicio dos nossos miúdos não agradou a muito boa gente.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Formação

Realizou-se ontem 8.ª jornada dos campeonatos distritais de Benjamins e de Infantis.

A equipa de Benjamins recebeu a Naval "B" e ficou a conhecer pela primeira vez o sabor da derrota neste campeonato. A equipa da casa começou o jogo logo a perder, mas depressa chegou à igualdade. O Praia da Leirosa queria ganhar e começou a ir para cima da equipa da Naval e teve uma ou outra oportunidade para chegar à vantagem mas não conseguiu, diga-se que teve um penalty claríssimo que ficou por assinalar com o resultado em 1 igual. A Naval sempre mais matreira e deixando um jogador sempre na frente (à mama como se diz na giria futebolistica) conseguiu chegar à vantagem e aproveitando o desnorte da equipa do Leirosa foi somando golo atrás de golo até aos 1 - 4, resultado com que havia de acabar a 1.ª parte.
Na segunda parte mais do mesmo, o Leirosa a não conseguir marcar as oportunidades que tinha e a Naval quase sempre que lá chegava, marcava. Destaque para Diogo (Naval "B") um pequeno central que esteve impecável a cortar jogo e a sair a jogar.

Resultado final:

Praia da Leirosa 2 - 7 Naval "B" (PDL - Miguel Guardado(2))

Quanto à equipa de Infantis, deslocou-se ao CD da Tocha, para defrontar a equipa B e saiu derrotada. A Equipa da Leirosa até começou melhor com um golo de Iuri, mas encostou cedo demais à vantagem e o Tocha "B" em dois livres diretos (bem executados) e num contra-ataque fez o resultado.

Tocha "B" 3 - 1 Praia da Leirosa (PDL - Iuri).

Força Miúdos!!!
No próximo fim de semana à mais!!!

sábado, 27 de novembro de 2010

Camadas Jovens

Realizou-se hoje mais uma jornada dos campeonatos de Benjamins e de Infantis da A. F. Coimbra.

A equipa de Benjamins deslocou-se à Ereira e Venceu por 4-1.

Ereira 1 - 4 Praia da Leirosa (Fran (2); Miguel G.; Helder Cardoso)

A equipa de Infantis regressou às vitórias quando recebeu e venceu o Carapinheirense, num jogo em que a equipa da casa esteve a perder até ao intervalo por 1 bola, na única oportunidade de registo da equipa forasteira, até ao intervalo a equipa da casa teve 4 boas oportunidades para se colocar em vantagem, mas o desacerto dos jogadores da casa fizeram com que o resultado não se altera-se.
Na 2.ª parte a equipa da casa colocou a bola a rolar pelo chão e foi mais fácil chegar à baliza adversária. Contudo só conseguiu chegar à igualdade através da marca de grande penalidade, Alicia foi rasteirada infantilmente por um adversário e Miguel P. não perdou. O golo da vantagem chegou perto do fim quando no melhor pano caíu a nodoa, Ivo surge pela direita tenta servir Miguel B. e o Guarda Redes do Carapinheirense (Melhor da Equipa) tentou tirar a bola e colocou-a na sua baliza.

Praia da Leirosa 2 - 1 Carapinheirense (Miguel Parracho; Ivo)

Parabéns Miúdos!!!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Formação

Realizou-se este fim de semana mais uma jornada desportiva do campeonato dristrital de Infantis e de benjamins da A.F. Coimbra.

Desta vez a sorte das nossas equipas foi diferente, a equipa de Infantis deslocou-se à Figueira da Foz para jogar com a Naval onde perdeu por 3 bolas a zero.
NAVAL 3 - 0 PRAIA DA LEIROSA.

Gostava de referir, sem que isso seja desculpa para o resultado obtido, as péssimas condições com que fomos recebidos (ou nem sequer fomos), pois não se encontrava ninguem para nos receber à hora que chegamos, o campo nem sequer se deram ao trabalho de o passar (o 1.º golo resulta de um ressalto da bola que traíu o nosso guarda redes).
Para um clube que tem tantas equipas das camadas jovens e que milita na 1.ª divisão Nacional, já era tempo de fazer mais pelos miúdos (pelos vossos).

A nossa equipa de Benjamins soma e segue, depois do empate da 1.ª jornada só se contam vitórias nas jornadas seguintes, desta feita recebeu e venceu a equipa do Águias por 4 - 3.
Este jogo para quem vê o resultado poderia pensar que foi bem renhido, mas não, foi um jogo de um só sentido, onde não fosse um mau dia do ataque (muitas oportunidades falhadas, principalmente na 1ª parte) e um dia não do seu guarda-redes, a equipa do Águias poderia ter saído da Praia da Leirosa com uma derrota bem pesada.

PRAIA DA LEIROSA 4 - 3 ÁGUIAS (Miguel Guardado (4))

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Rock das Garagens

Sábado dia 20 de Novembro
Pelas 22 horas

Rock das Garagens
Junkie Machine
Cães Danados
Ratos Bateristas

APARECE E TRÁZ UM AMIGO!!!

Campeonato Distrital de Infantis

Praia da Leirosa 2 - 0 Marialvas "B"

Marcadores: Ivo e Alicia

Parece que fez bem aos meninos os desaires dos jogos com a Ereira e com o Ala-Arriba. Mudaram de atitude e os resultados começaram a aparecer.
Força miúdos!!!

sábado, 6 de novembro de 2010

Escalões de Formação

Resultados:


Benjamins:

CRPL
4-4 Touring (Fran 2; Tomás; Miguel G.)
Marialvas B 4 - 6 CRPL
CRPL
5 - 2 Tocha B


Infantis:

CRPL 5 - 1 Cova-Gala (Ivo 3; Miguel B. 2)
Ereira B 1 - 0 CRPL
CRPL 3 - 4 Ala-Arriba (Ivo; Miguel Parracho; ?)
Águias 0 - 2 CRPL (Ivo; Miguel Boia)

domingo, 19 de setembro de 2010

sábado, 21 de agosto de 2010

Grande Tristeza!

Este post vem contradizer algumas das frases que proferi no post anterior... A realidade é que o CRPL este ano não vai entrar em competição no escalão Sénior.

Os trabalhos ainda começaram na Segunda- Feira, mas durante a semana foram decrescendo o número de atletas presentes. A Direcção entrou em contacto com os mesmos e constactou enúmeras desistências. Face a esta cena, decidiu informar o AFC da sua desistência antes que o sorteio (realizado ontem) fosse feito.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Início dos Trabalhos

Falta menos de 60 minutos para o início da pré-época da equipa sénior do Clube Recreativo da Praia da Leirosa.

Esta realidade, depois de muita especulação sobre a continuidade da equipa em competição, deve-se essencialmente a um grupo muito especial... Futebol de Saltos Altos!!!

No inicio da época passada, um grupo de mulheres juntou-se com a finalidade de ajudar o CRPL a angariar verbas, sabendo de antemão que uma época na Divisão de Honra iria "arrebentar" os cofres do Clube. E a realidade foi mesmo essa...

Fechámos a época sem dívidas, mas com o saldo reduzido!

Em menos de 1 anos, o FSA angariou 3733,00€ e por decisão das suas "membros" este montante irá para a inscrição da equipa sénior e para a vedação da zona dos balneários do recinto desportivo.

A todo o grupo do Futebol de Saltos Altos um muito obrigado!

terça-feira, 27 de julho de 2010

Época 2010/2011


Precisa-se de Guarda-Redes.

O CR Praia da Leirosa está à procura de um guarda-redes para a próxima época, se estiveres interessado contacta-nos através do no mail.
crpl1978@gmail.com

Avisa-se que não há retribuição salarial.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Festa de Solidariedade- HUGO´S NIGHT- Praia da Leirosa 9 de Julho de 2010

HUGO'S NIGHT COM AS BANDAS:

Cães Danados
Superdinamite
Gold Minds
Vol10

E ainda:

Joana Oliveira
Miguel Figueiredo
Grupo de dança FireDance
Dj Hasc
Dj Phillbeat

.

O Hugo é um jovem de 25 anos, natural da Marinha Grande. A 7 de Marcço de 2009 sofreu um grave acidente de viaçao e entrou em coma (Glasgow 3), recebeu alta a 6 de Março de 2010, ainda não anda e não fala, mas nós não perdemos a esperança...

O Hugo tem de continuar a recuperaçao em Cuba no CIREN (Centro Internacional de Restauración Neurológica), que é um dos melhores do mundo e um dos mais caros, mas é onde ele vai ter o melhor tratamento possivel.

Objectivo: Continuaçao do tratamento em Cuba

Para continuidade de tratamentos: cerca de 9.000€/mês.

O TEU DONATIVO É FUNDAMENTAL PARA A VITÓRIA DO HUGUITO

terça-feira, 4 de maio de 2010

AD Poiares 1 Vs 0 CR Praia da Leirosa

ADPoiares: 1- Bruno, 3 – Sabino, 5 – Zé Miguel, 6 – Tuca, 7 – Xiolas, 8 – Renato Lopes, 11 – Pedro Simões (Cap.), 14 – Telmo, 17 – Carlão, 18 – João Santos e 22 – Morsa.
Suplentes: 16 – Sérgio, 2 – Tó, 4 – Padreco, 10 – Breda, 20 – David Matado, 21 – Fifi e 24 – J. Paulo.
CR Praia da Leirosa: 75 – Tó Capitão, 2 – Renato, 4 – Gildo, 5 – J. Rabita (55 min.), 7 – J. Vasco, 8 – F. Parracho, 10 – Sá, 15 – Diogo, 22 – Germano (62 min.), 29 – Bubba (Cap.) e 30 – Malaquias.
Suplentes: 24 – Ivan, 11 – P. Salgado (62 min.), 13 – N. Penicheiro (55 min.) e 21 – Rui.
Disciplina:
CRPL: Amarelos: J. Vasco (48 min.), F. Parracho (49 min.), Gildo (52 min.) e P. Salgado (71 min.)

1.ª Parte
O jogo do tudo ou nada, começava e logo as duas equipas mostravam que queriam ganhar, ao Poiares diga-se que só mesmo esse resultado interessava, já para a Praia da Leirosa o empate teria seria o suficiente. Mas não era isso que a equipa da Praia da Leirosa queria, a Praia da Leirosa, sabia que se joga-se para o empate o mais certo era sair derrotado e desde cedo procurou fazer golo, para assegurar o objectivo da manutenção.
Assim, cedo se começou a procurar as balizas e logo aos 4 minutos o Poiares cria algum perigo, após alguma desorientação da defesa da Praia da Leirosa. Aos 8 minutos a Leirosa respondeu e num pontapé de canto Diogo salta mais alto que toda a gente, mas remata junto ao poste esquerdo da baliza à guarda de Bruno. Quatro minutos depois era novamente o Poiares a cercar a baliza de Tó e através de um livre cobrado para o coração da área da Leirosa, Sabino, remata ao lado do poste direito de Tó.
Dezoito minutos e primeira grande oportunidade de golo a favor do Poiares, cruzamento de J. Santos e Zé Miguel a rematar à meia volta para uma excelente intervenção de Tó Capitão. Na resposta a Praia da Leirosa acerca-se da baliza do Poiares e só não faz golo, porque o remate de Sá bate nas costas de Malaquias e desvia-o do caminho certeiro, que seria certamente, as malhas da baliza de Bruno.
Depois de 20 minutos de parada e resposta, o jogo adormeceu um pouco e só aos 34 minutos se voltou a ver perigo junto de uma das balizas, J. Vasco aparece isolado na cara do guarda-redes Bruno, depois de uma boa jogada de entendimento entre Sá, Malaquias e J. Vasco e este a rematar, com Bruno a defender para a barra da baliza do Poiares, perdida incrível para o CRPL.
Já a acabar a 1.ª parte num livre que tudo dizia que seria mais uma bola bombeada para o coração da área da Leirosa, surge um vento esquisito que desvia a trajectória da bola, mas Tó com mais uma excelente intervenção segura o empate.
Intervalo: ADP 0 – 0 CRPL

2.ª Parte
Primeiro minuto de jogo e a Leirosa a querer decidir logo ali a jornada e o campeonato, J. Vasco isola-se, mas remata fraco com o pé esquerdo, Carlão aparece e com um corte trapalhão ia fazendo auto-golo.
Quarto minuto e J. Vasco a aparecer isolado novamente, mas Bruno a evitar o golo, agora com os pés. Contra ataque do Poiares, F. Parracho alivia mal, para a entrada da área e Renato Lopes a rematar com perigo ao lado do poste esquerdo da baliza do Leirosa.
O Poiares começa a pressionar mais à procura do golo que lhe garantisse a manutenção e ao sexto minuto faz golo o Poiares, mas bem o fiscal de linha a anular por fora-de-jogo, sem protesto dos homens da casa. Dois minutos depois Tó e Bubba atrapalham-se após cruzamento para a área do Leirosa e a bola a pingar sobre a barra.
Aos 19 minutos é a vez de J. Santos rematar de cabeça para mais uma intervenção de Tó, para canto. Cobrado o canto e Carlão a rematar perto do poste direito de Tó. Aos 24 nova oportunidade falhada pelo Poiares, Zé Miguel remata por cima do travessão.
Minuto 35, minuto que poderia ter sido fatal, para os homens da casa, não fosse a intervenção divina da terceira equipa, erro grave do fiscal de linha do lado contrário ao dos bancos de suplentes, P. Salgado isola-se e pica a bola por cima do guarda-redes Bruno, Malaquias aparece vindo detrás e completa aquilo que já estava feito o golo da Praia da Leirosa, o árbitro assistente levanta a bandeira no momento em que Malaquias toca na bola, pensei que por pretenso fora-de-jogo, justificação do assistente no final do jogo, “… marquei falta do n.º 11 (P. Salgado) que agarrou os calções do defesa…”. Que defesa pergunto eu se P. Salgado aparece isolado na cara de Bruno e faz-lhe um chapéu. Mas será mais uma pergunta que para a qual nunca terei resposta. E aqui acabou o futebol e começou o jogo do empurra, qualquer toque falta contra o Leirosa, não eram faltas perigosas, mas eram daquelas que nos faziam recuar e recuar e recuar…
Mas o Leirosa e como é hábito nos seus habitantes nunca viram a cara à luta e em lances de contra ataque foram importunando o guarda-redes Bruno, aos 45 minutos, J. Vasco passa por entre dois defesas do Poiares, dentro da área e tenta assistir Pedro, mas um defesa do Poiares a ser mais rápido e a limpar a jogada, minuto 46 Sá isola-se e remata para grande defesa de Bruno, Pedro na recarga senta dois defesas e o guarda-redes, mas remata ao poste.
E como quem não mata morre, ao minuto 49 e quando Xaina já tinha pedido autorização para efectuar uma substituição para queimar algum tempo e para quebrar o ritmo de jogo, o Poiares marca num lance de bola bombeada para o interior da área e J. Santos a finalizar com sucesso, festa dos homens da casa, com a invasão de campo, por parte dos homens do banco e de alguns adeptos.

Morrer na praia, ninguém gosta, mas no último minuto do último jogo, quando a manutenção esteve ali tão perto é muito doloroso para uma equipa que tantas oportunidades criou.
Foi o adeus à honra, de uma equipa que só era acarinhada pelo seu público, mas que foi elogiada por muitos dirigentes de outros tantos clubes, principalmente nos jogos em casa onde o Praia da Leirosa conseguiu praticar o seu futebol.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

CR Praia da Leirosa 3 - 3 Lousanense

CRP Leirosa: Capitão, Renato (48" Malaquias), Gildo, J. Rabita , J. Vasco, F. Parracho, Sá, Nuno S., Diogo, Giló e Bubba.

Jogadores não utilizados: Ivan, Rui, Germano.

1.ª Parte

Pressão inicial da equipa do Lousanense.
1.ºLance de perigo da Praia da Leirosa após grande pressão do Lousanense nos minutos iniciais, golo de Diogo na 1.ª vez que a Leirosa vai à baliza da equipa da Lousã. 1-0. Canto cobrado por J. Vasco e Diogo a aparecer na pequena área e a antecipar-se ao Guada-redes do Lousanense.
10 min. grande oportunidade do lousanense com o guarda-redes a facilitar e Beto a rematar ao poste, com a bola a sobrar para .
19 min. Golo de Luís Jorge, após grande atrapalhação da defesa do Praia da Leirosa, Renato alivia a bola, mas esta teima em ficar na zona da área da Praia da Leirosa e o n.º 7 da equipa da Lousã a rematar cruzado para o fundo da baliza à guarda de . 1-1.
23 min. Grande oportunidade para o CRPL, J. Vasco aparece isolado na cara do guarda redes, mas remata a centímetros do poste. Grande jogada de entendimento entre Gildo, Bubba e Sá, para a finalização de J. Vasco.
27min. Penalty a favor do CRPL, Renato aparece na área toca para Sá que contorna o opositor e sofre falta, Bubba na conversão não perdoa e volta a colocar a Praia da Leirosa na Frente 2-1.
30 min. Mais uma grande oportunidade perdida pelo CRPL, jogada Rápida entre Sá, Giló e J. Vasco e Giló a rematar contra as costas de um opositor adversário já com o Guarda redes do Lousanense praticamente batido.
34 min. Jogadores do Lousanense reclamam um penalty a seu favor, mas o árbitro, bem a nada assinalar, pois a bola bate nos braços de J. Rabita, mas este não alonga a largura do corpo com estes.
Até ao intervalo tudo igual Praia da Leirosa 2, Lousanense 1.
2.ª Parte
56 min. J. Vasco aparece na área tira 2 adversários do caminho e em cima da linha da pequena área atira por cima do canto direito da baliza defendida pelo Guardião do Lousanense.
58 min. Remate de Beto (CDL) a passar perto da baliza à guarda de .
60 min. F. Parracho falha um golo que parecia fácil, após uma boa cobrança de um livre de J. Rabita, Bubba amortece para F. Parracho que à meia volta não consegue ampliar a vantagem do CRPL.
63 min. Bubba desenvencilha-se bem da defesa da Lousã, tenta servir J.Vasco, mas 1.º um defesa a fazer um bom corte e mais uma grande oportunidade para o Praia da Leirosa perdida.
67 min. Boa oportunidade para Ricky(CDL) depois de solicitado pelo seu capitão.
68 min. Pontapé de bicicleta de Beto para defesa fácil de .
72 min. Grande perdida de Beto, mas já estava assinalado o fora de jogo.
75 min. Momento crucial do jogo. Sá sofre falta, cai mal e o árbitro começa a chamar a si o protagonismo, é que além de árbitro este quer ser médico também e não deixa que Sá fosse assistido. Após alguma insistência Sá é assistido para limpar o sangue que tinha no ombro.
79 min. Golo do Lousanense, Pimpão repõe a igualdade em mais um lance de alguma confusão e onde não sei se a bola já não tinha entrado segundos antes. 2-2. Neste momento Sá (meio-campista) ainda está fora do campo à cerca de 3 minutos à espera pra entrar com 2 interrupções de jogo e com o banco do CRPL a pedir ao árbitro e ao árbitro assistente para que Sá entrasse, mas como este não queria que ele saí-se para ser tratado, entendeu, que este só haveria de entrar quando ele quisesse. Acabou por entrar após o golo do empate do Lousanense.
84 min. Penalty a favor da equipa da Lousã. Ricky sofre falta cometida por Diogo. Luís Jorge converte e bisa na partida, colocando o Lousanense pela 1.ª vez na frente da partida 2 -3 .
87 min. Penalty a favor do CRPL, J. Rabita marca o livre para J. Vasco, este sofre falta clarissima dentro da área. Bubba na conversão não perdoa e repõe a igualdade 3-3. Bisando na partida.
91 min. Bomba de Jorge Malaquias e grande defesa do guardião da Lousã.
93 min. Grande perdida de Ricky para grande intervenção de , Pimpão na recarga não consegue melhor que rematar ao lado.


Resultado final: Praia da Leirosa 3 - Lousanense 3.

Resultado que sabe a pouco pelo futebol apresentado. Poderia ter havido mais golos de parte a parte, mas a existir 1 vencedor, com justiça, seria o CRPL.

Sanções disciplinares do CRPL: 68 min. Sá Amarelo; 79 min. Nuno S.; 84 min. Diogo.
De 1 a 5, nota 3 para o árbitro, pois teria nota máxima não tivesse ele, querer fazer de médico e nesse tempo ter existido um golo. (Fosse ele para que baliza fosse).

quarta-feira, 14 de abril de 2010

sexta-feira, 9 de abril de 2010

segunda-feira, 29 de março de 2010

Nogueirense 8 VS 0 Praia da Leirosa

segunda-feira, 22 de março de 2010

terça-feira, 16 de março de 2010

Todos juntos pelo Huguito

O Hugo, passageiro no banco de trás de uma viatura, a 7-3-2009, esta entrou em despiste indo embater contra uma árvore. O Hugo foi projectado contra os bancos da frente, ficando de imediato em coma. Entubado no local foi transportado para o HSA-Leiria. Após exames foi de imediato transferido para os Covões, onde chegou na Escala de Glasgow 3 (85% probabilidade de morte). contrariando o que era óbvio, conseguiu sobreviver. Até agora muito tem lutado e felizmente ainda está entre nós. Os amigos nunca o abandonaram, antes pelo contrário, têm realizado vários eventos para o ajudar. Esteve, entretantanto, internado no Centro de Reabilitação Rubisco Pais e já teve ALTA!!! Não anda, não fala, mas todos acreditamos que ele não fique assim, por isso mais iniciativas de apoio se irão realizar para que ele consiga atingir a dignidade que lhe é devida. Quem o conhece sabe que ele é uma força da natureza e que não vai desistir. "TODOS UNIDOS PELO HUGUITO"´será o nosso lema.
Agora com a força de todos, o próximo objectivo é levá-lo a um centro de recuperação em CUBA.
Para ser possível, e porque a família não tem condições de suportar todas as despesas, uma das iniciativas é angariar 3000 pessoas para doarem 1€/mensal, a fim de totalizar os 3 000 €/mensais que são necessários para o manter em tratamento nesse país.

Todos os que queiram contribuir para esta iniciativa poderão depositar algum donativo nas seguintes contas bancárias:

CONTA SOLIDÁRIA SEM RECIBO:
NIB.: 0018 0003 15529001020 42
IBAN.: PT50 0018 0003 1552900 1020 42

ou

- CONTA SOLIDÁRIO COM RECIBO:
NIB.: 0033 0000 45276694172 05
IBAN.: PT50 0033 0000 45276694172 05
( conta com recibo terá de ser endossada: Associação Solidariedade Académico Leiria ).

Durante a Festa da Mulher que se realizou no dia 6 de Março na nossa colectividade (Praia da Leirosa) a nossa adepta e sócia Paula Vicente, que teve conhecimento deste caso através de um amigo que é familiar do HUGUITO, promoveu uma campanha de angariação de verbas para esta causa. Teve de imediato eco, e na festa elaborou-se uma lista de pessoas que estão dispostas a participar, e que já contribuiram monetáriamente para esta causa.
Este foi o valor que foi depositado na conta do Hugo e que foi recolhido até ao 14 de Março. Posteriormente já se angariou mais dinheiro e mais pessoas para participarem nesta causa.
Mais informações em

domingo, 14 de março de 2010

Praia da Leirosa 0 Vs 0 Penelense
Tabuense 8 VS 0 Praia da Leirosa

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Muitos amigos dão força ao Fábio para enfrentar tratamento em Lisboa

O Fábio partiu, domingo à tarde rumo a Lisboa, onde deverá permanecer durante o próximo ano e vai ser, em breve, submetido a um transplante de medula. Consigo foi a mãe, mas também a solidariedade e afecto de três centenas e meia de amigos, que se juntaram, na noite de sábado, num jantar organizado por dois amigos da família, Pedro Carraco e Vítor Soares, realizado na Quinta D. Maria, em Soure.

O jovem de Vila Nova de Anços, que vai ser submetido a um transplante de medula para sanar uma leucemia detectada há precisamente dois anos, recebeu um sem número de abraços de solidariedade e mensagens de força para enfrentar, como uma verdadeiro campeão – que tem sido – esta última prova, a prova de fogo que lhe vai garantir o futuro. E emoção não faltou neste encontro à mesa, onde se multiplicaram as provas de afecto e solidariedade que, mais uma vez, mobilizaram a população de Vila Nova de Anços, mas também de Soure, Pombal, Coimbra. Muitos amigos unidos num abraço, onde não faltou a presença amiga dos jogadores da Académica, ou o abraço forte do Sporting Clube de Portugal, o seu clube do coração.

Gitos (Carlos Gomes), pai do Fábio, fez questão de, logo ao início da noite, explicar ao filho o porquê deste encontro, que se seguiu a um outro, realizado na sexta-feira, organizado pelos jovens. Reservado e tímido por natureza, Fábio sempre se mostrou avesso a manifestações públicas. «Não gostas de festas, de jornais e de rádios porque pensas que as pessoas têm pena de ti», disse-lhe o pai, sublinhando que ao contrário do «que possas pensar, as pessoas não estão aqui por pena, mas porque gostam de ti e querem estar contigo». Emocionado, Gitos confessou, perante as centenas de amigos da família, já ter chorado muitas vezes e questionado «porquê o Fábio?, quando há milhares de criminosos!». «Este é um jantar de apoio ao campeão», disse ainda, referindo-se à expressão usada pelos organizadores e que figurava nos cartazes do evento. Com a voz embargada, o pai terminou as suas primeiras palavras para sublinhar que o Fábio tem sido «um campeão na luta pela vida e vaio conseguir». «Daqui a um ano vais ser tu convidado para dares apoio a outros que precisem», prometeu.

Coube a Fernando Silva, outro amigo da família, de Vila Nova de Anços, garantir a animação da noite, à semelhança do que já havia acontecido na iniciativa promovida em meados do ano passado, na Casa do Povo de Vila Nova de Anços. Satisfeito, lembrou a enorme mobilização de dadores, na casa dos 20 mil, que, ao longo destes dois anos, enriqueceram o banco de dadores de medula óssea na esperança de encontrar um compatível com o jovem Fábio. A resposta, disse ainda, acabou por chegar da Alemanha. «Hoje são eles por nós, amanhã somos nós por eles», disse ainda Fernando Silva.

Animação e emoção
A animação não faltou e coube a João Filipe Barreiro, com a sua guitarra e a sua voz, dar início ao variado programa, que contou ainda com a presença de Beatriz, uma jovem de nove anos que “chamou a música” e encantou a assistência. Espaço ainda para o Grupo de Cordas Allegro, uma formação de jovens, que luta pela preservação do bandolim, instrumento tradicional que se encontra em extinção, como salientou o responsável. Transporte e silêncio, são, de resto, as condições para que o grupo dê a conhecer a sua fantástica música em qualquer lugar, uma vez que actua gratuitamente. Na Quinta D. Maria fez-se silêncio, ouviu-se o reportório previsto e ainda um eloquente “encore”, e choveram palmas repetidamente. Ruizinho de Penacova, com a sua concertina, também se juntou à festa e, inclusive, criou uma letra própria para o momento, dedicada ao Fábio e à família. Com a noite já longa, João voltou a cantar e Eduardo, um velho amigo da família, acompanhou-o, numa incursão pelo fado de Coimbra e pela boa música portuguesa.

Com a noite já longa e o temporal aceso cá fora, via-se emoção na sala. Gitos voltou a pegar no microfone e uma vez mais lembrou ao filho a presença de «todas estas pessoas que estão aqui porque gostam de ti». «Melhor era difícil», disse, agradecendo às pessoas e às empresas que se têm solidarizado com a família Uma palavra especial para o tio Jorge, a tia Belita e a tia Nazaré, bem como para o patrão de Isabel (a mãe do Fábio) e para a dra. Vitó (filha de Victor Campos) «que já não está entre nós». «Fábio, sabemos que vai ser um ano, eventualmente nove meses, muito difícil para ti», disse ainda Gitos ao filho, prometendo-lhe que «não vais ficar sozinho com a tua mãe no hospital, vais ter muitas surpresas».

A terminar, Gitos fez questão de chamar Vítor Soares e Pedro Carraca, os organizadores do jantar, Fernando Silva, Marques Pereira, Dani e a esposa, Isabel, «a pessoa que mais sofreu, mas que tem conseguido aguentar». Fábio entregou um ramo de flores à mãe e outro a Sara, uma menina de quatros anos que também sofre de leucemia e está a dar início à sua jornada de luta contra a doença.

Desportistas em grande no abraço ao jovem
O jantar contou ainda com a presença e a força de um grupo significativo de “famosos”. Um dos jovens que participou no Big Brother fez questão de estar presente, o mesmo acontecendo com o capitão Orlando e Hélder Cabral e Luís Nunes, jogadores da Briosa, a quem se juntou Camilo, coordenador do futebol jovem, e Victor Campos, uma das velhas glórias da Académica, que também fez questão de estar presente, acompanhado pela esposa. Em vésperas de mais uma jornada, os representantes da Académica deixaram ao Fábio uma camisola autografada por toda a equipa, que se junta às outras que já tiveram oportunidade de lhe entregar, em diferentes momentos.

Um gesto semelhante veio da equipa do Sporting, com uma camisola e uma bola, ambas autografadas por todos os jogadores, entregue por Carlos Pereira, antigo adjunto de Paulo Bento, que deu os parabéns aos dois organizadores do evento e sublinhou a «adesão fabulosa» que registou, considerando que «o Fábio merece e toda a família merece».

Destaque ainda para o Clube da Praia da Leirosa que também fez questão de, uma vez mais, estar presente e entregar ao jovem camisolas da equipa. Outros presentes vieram ainda da Perfumarte, da casa Jorge Oculista e da Casa Mistral, que quiseram entregar ao Fábio uma lembrança, a somar ao abraço de amizade.

Satisfeitos com adesão em força
Vítor Soares e Pedro Carraco foram os dois organizadores deste encontro de afectos, que reuniu 350 amigos. O objectivo foi, sublinham, proporcionar um encontro de amigos. «Sabíamos que havia muita gente que não iria ter oportunidade de ir a casa da família do Fábio, antes de ele ir para o hospital e tivemos esta ideia, que permitiu que todos os amigos tivessem essa oportunidade». «Não devemos guardar para amanhã o que podemos fazer hoje», afirma Vítor Soares, sublinhando que «o apoio dos amigos é de todos os dias, hoje, amanhã, daqui a um ano».

Fazendo um balanço «muito positivo da adesão», os organizadores confessam que «não é de estranhar, sabíamos que os amigos iam aparecer, mas estamos muito satisfeitos com a adesão», rematam.

In http://www.diariocoimbra.pt

Para nosso espanto!!!!

Leirosa um local a NÃO ir pelos Árbitros


O arbitragemcoimbra face a mais um fim de semana de cenas lamentáveis ocorridas "sempre" no Parque de jogos da Praia de Leirosa envolvendo a equipa local e fortemente divulgadas na imprensa diária de hoje,esclarece o seguinte :

Quem se lembra dos velhos tempos do clube Praia da Leirosa traz á memória cenas de violência gratuita no seu recinto protagonizada pelos seus adeptos e jogadores.

Ao fim de vários anos de interregno a equipa regressou aos campeonatos distritais e parece que o dito "furacão" renasceu mas com os mesmos costumes de violência numa povoação com dificuldades económico-sociais,maioritariamente pescadores.



As cenas ocorridas após o jogo Leirosa vs AAC/SF não podem acontecer numa sociedade moderna e evoluída onde o desportivismo e fair-play deveriam imperar e por isso :



-Quando após o apito da equipa de arbitragem surge uma invasão de campo de uma população que apenas queria violência gratuita para com uma equipa adversária que lhe ganha dentro do terreno de jogo...



-Quando uma equipa de futebol tem de ficar barricada num balneário para evitar um linchamento popular de cerca de 400 pessoas....



-Quando os carros particulares dos jogadores de uma equipa de futebol são apedrejados,riscados e partidos pela multidão...

-Quando uma equipa de arbitragem fica no meio de uma invasão de campo sem protecção de ninguém e sai das instalações em direcção á sua viatura e fica cercada por uma multidão de centenas de pessoas que sem razão aparente e se vira contra eles com a passividade e medo da força policial presente, vendo atitudes selvagens de uma população....



-Quando a GNR (jovens na sua maioria) é agredida,cuspida,empurrada e humilhada, com uma passividade extrema....não são dignos da farda que vestem...nunca podem mostrar medo perante a multidão(coitados se tivessem de actuar num qualquer bairro de Lisboa ou Setúbal !!!).



Por tudo isto que se passa na Praia de Leirosa é bom que todos repensem se vale a pena continuar no desporto (futebol+arbitragem)...sujeitos a passar por um horror só visto nos campeonatos da Argentina !!!...onde a vida de cada agente desportivo está seriamente em risco,onde as equipas de arbitragem não se deslocam com o prazer de arbitrar mas sim com a esperança que corra bem e saiam ilesos.

Apelamos a todos os árbitros pertencentes ao Conselho de Arbitragem da AFC que não se desloquem mais há Praia de Leirosa para apitarem jogos daquela equipa,devendo por isso enviar para o Conselho de Arbitragem o respectivo e-mail a solicitar a NÃO nomeação.



Pedimos também ao Conselho de Arbitragem que tenha coragem de intervir nesta situação e que se corte o mal pela raiz não nomeando árbitros para a Leirosa não deixando arrastar uma situação que já acontece desde a época passada.



A todos continuação de bons jogos.



*texto elaborado com relatos reais dos acontecimentos e de pessoaspresentes no local

In http://arbitragemcoimbra.bloguedesporto.com/

Oliveira do Hospital 3 Vs 0 Praia da Leirosa

Praia da Leirosa: Ivan, Gildo, João Rabita, João Vasco, Sá, Diogo, Nelson (70" Tó Capitão), Germano (67" Renato), Giló (70" Rui), Bubba e Malaquias.

Treinador: Xaina

Sanções Disciplinares:
Amarelos: João Vasco aos 8" e 30", Giló aos 49", Nelson aos 67", Tó Capitão aos 90" e Sá aos 91".

Vermelhos: João Vasco por acumulação.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Direito à Indignação e para nosso Governo!!!

Como directora do CRPL, semanalmente, consulto o mapa de castigos para averiguar quais os castigos incumbidos ao nosso clube, jogadores e directores.

Tendo sido no passado Domingo, no jogo contra o Carapinheirense, um jogador da Praia da Leirosa expulso e tendo havido algum diálogo entre um fiscal de linha e um director do CRPL, tive obrigatoriamente que o consultar o site da AFC, nomeadamente o mapa de castigos, já que ainda não chegou por escrito às instalações do CRPL.

Os castigos não me surpreenderam, o que me fez ficar apalermada foi um castigo que saiu para um clube da cidade...

Uma multa de 15,00€ ao abrigo do n.º 156.1 do Regulamento Disciplinar e outra de 50,00€ ao abrigo do n.º 90 do mesmo Regulamento.

Como foi a curiosidade que matou o gato... lá fui eu consultar o dito Regulamento para ficar mais esclarecida sobre esta punição...

E, eis que me deparo com o seguinte:


ARTIGO 90º
(Da inobservância de outros deveres)

O Clube é punido com multa de € 500,00 a € 1.500,00, em todos os casos não expressamente previstos em que viole dever imposto pelos regulamentos, normas o instruções genéricas da FPF e demais legislação desportiva aplicável.


ARTIGO 156º
(Do comportamento incorrecto do público)

1. O Clube cujos sócios ou simpatizantes mantenham no decurso do jogo comportamento socialmente reputado incorrecto designadamente o arremesso de objectos para o terreno de jogo, ou que pratiquem actos não previstos nos números anteriores que perturbem ou ameacem perturbar a ordem e a disciplina, é punido com multa de € 150,00 a € 500,00.
Daqui tiro o seguinte:
Sobre o primeiro artigo não me posso pronunciar, até porque não diz concretamente qual foi a violação que o clube transgrediu, mas se a multa vai dos 500,00€ aos 1.500,00€ porquê só ter apanhado 50,00€?
Agora sobre o segundo artigo... diz-se aqui para os meus lados que "pela boca morre o peixe..."

Arremesso de objectos para o terreno de jogo???? Comportamento socialmente reputado incorrecto??? Será que isto tem alguma coisa a ver com as declarações do Capitão e Presidente do Clube há alguns dias à imprensa??? ("O público cuspia e atirava-nos pedras. Durante toda a partida vimo-nos debaixo de um clima de ameaças constantes,...")

Será que estas declarações do dia 7 de Fevereiro, foram um presságio do que iria acontecer a 21 de Fevereiro no recinto desse mesmo clube???

Será que a violação do art.º n.º 156.1 em que é aplicada uma multa que vai dos 150,00€ aos 500,00€, apenas seja cobrado ao dito clube 10% do valor mínimo, ou seja 15,00€???

MAS PORQUE SERÁ?

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Angariação de Fundos para as vítimas da tragédia da Madeira

Dia 27 de Fevereiro pelas 16H
Naval VS Marítimo
Bilhetes 5 Euros
Toda a receita reverte para as vítimas da tragédia da Madeira.
Vamos todos apoiar esta causa
Bilhetes à venda no café Águia Dourada (Carlos Leal) na Praia da Leirosa

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Carapinheirense 4 Vs 2 Praia da Leirosa




Ao nosso amigo Fábio!!!

No Sábado, dia 20 de Fevereiro, realizou-se um jantar de apoio ao campeão Fábio.

O evento contou com cerca de 500 participantes, todos amigos e conhecidos do jovem.

O Clube Recreativo da Praia da Leirosa, bem como muitos habitantes da terra, não deixaram de estar presentes e prestar o seu apoio ao amigo que dentro de dias irá receber um transplante de medula óssea.

O processo será moroso, mas temos a certeza que o Fábio é forte o suficiente para superar tudo isto.


A ti, Fábio, BOA SORTE são os votos sinceros deste Clube e todos os seus dirigentes!!!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Comunicado da Direcção do CRPL

Após os incidentes do passado Domingo, a Direcção do Clube Recreativo da Praia da Leirosa vem por este meio apresentar o seu lamento profundo.
Ao longo da presente época desportiva, que muito esforço voluntário nos tem custado, temo-nos deparado com alguns episódios que ficam completamente aquém daquilo que consideramos uma prática desportiva socialmente salutar. Tentamos agir quando ocorrem, mas repudiamos totalmente as atitudes descabidamente agressivas e violentas de quem as pratica.
Aos adeptos muito devemos, pois além de assíduos, são solidários com as actividades que desenvolvemos e que não se esgotam no futebol. Todavia, não podemos de forma alguma ser coniventes com práticas que além de reprováveis mancham ainda mais a imagem que a Praia da Leirosa, justa ou injustamente, foi granjeando ao longo de largos anos de tradição futebolística e que nós, actuais dirigentes do Clube, temos vindo a tentar atenuar, ainda que de modo idealista.
Consideramos que não é oportuno nesta fase entrar em jogos cruzados de ataque/defesa até porque o estereótipo “a Leirosa é uma terra de arruaceiros e de índios” está demasiado enraizado nas mentes da opinião pública e não serão umas quantas palavras sinceras e de tristeza que irão refutar essa tese. Ainda assim, e porque temos orgulho de sermos dirigentes leirosenses a lutar por amor à camisola, temos também o direito à indignação, ainda que de uma perspectiva diferente. Basta saber ler para perceber que o que nos chega até nós pela comunicação social é contraditório e ambíguo. As afirmações constantes da edição do passado dia 8 do diário “As Beiras” que se referem à versão do Clube não foram facultadas com o intuito de servirem de resposta às declarações do Sr. Presidente da Académica e dessa forma apimentarem o artigo, provocando no leitor ilações que não correspondem à verdade. Na verdade, são resultado de uma email semanal enviado por uma directora desportiva para informar aspectos relacionados com os jogos. Indignamo-nos perante este jornalismo sensacionalista que em muito nos tem prejudicado.
Quanto aos acontecimentos do jogo, a nossa visão é imparcial e estende-se a todos os atletas de todos os clubes: o atleta deverá manter-se concentrado no jogo e alheio ao que a assistência possa dizer ou fazer. Existem recursos humanos e meios, oficialmente criados, para intervir quando as situações o exigem. Se falham, já é um assunto que nos levará a tecer outro tipo de considerações, apesar de não menos importantes, pois dizem respeito a todos os intervenientes envolvidos neste Campeonato. O jogo decorreu, sem que nada tivesse impedido a sua completa realização. Quanto ao “clima de terror” parece-nos uma visão hiperbólica da realidade, pois se tivessem havido acontecimentos dessa natureza, estamos certos que as entidades responsáveis( GNR, Fiscal de linha e árbitro) teriam tomado as devidas medidas, o que não se verificou. Após o jogo, somos conscientes que em nada a atitude invasiva dos adeptos abona a nosso favor, no entanto confiamos na competência da GNR, paga para o efeito, e tomámos a única atitude sensata ao nosso alcance- encaminhar toda a nossa equipa ao nosso balneário e tentar salvaguardar a segurança da outra equipa.. Empenhados em finalizar o trabalho inerente ao jogo, não assistimos ao desfecho do trágico acto, que sabemos ter ocorrido na via pública e não dentro do parque desportivo.
Posto isto, apenas reiteramos o nosso sincero pedido de desculpas a toda a equipa da Académica S/F informando que fomos contactados pela GNR, no sentido de nos comunicar o reforço em futuros jogos em casa. Esta situação foi inédita no nosso mandato e no que depender de nós, tudo faremos para evitar situações similares à do passado fim de semana, até porque como dirigentes empenhados num esforço contínuo para revitalizar o futebol na Praia da Leirosa, não queremos de modo algum que o nosso trabalho fique desta forma afectado, contudo muitas vezes as situações que não são avaliadas e geridas de forma imparcial por quem de direito, dão azo a episódios graves, que apesar de injustificáveis, acontecem e nos prejudicam a todos e ao futebol em geral.

Praia da Leirosa, 10 de Fevereiro de 2010
Mirandense 4 VS 3 Praia da Leirosa
Golos PDL: Giló, Carlitos e Bubba

Praia da Leirosa 1 Vs 2 Académica/Sf- Taça A.F.C.